"BIOGRAFIA"

"Ilda Brasil"

 
ILDA MARIA COSTA BRASIL nasceu em 04 de março de 1949, em Restinga Seca/RS, filha de Adelino Alves da Costa e Maria-Jesus Barrios da Costa. Há muitos anos reside em Porto Alegre/RS. Formada em Letras: Português-Inglês (Licenciatura Curta), na Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras Imaculada Conceição, agregada à Universidade Federal de Santa Maria/RS; Letras: Português e Literatura Brasileira (Licenciatura Plena), na Universidade do Vale dos Sinos de São Leopoldo/RS; Pós-Graduada em Recursos Humanos para Administração e Supervisão de Escolas, na Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Professora de Literatura, Língua Portuguesa e Redação.
 
Presidente Fundadora da Associação Artística Cultural de Restinga Seca/RS; Membro da Artística, Literária e Multiprofissional “A Palavra do Século XXI” (Vice-Presidente), Cruz Alta/RS; Sociedade Partenon Literário (Registro No 087), Casa do Poeta Rio-Grandense (Registro No 1424), Associação Gaúcha dos Escritores Independentes, Academia Literária Gaúcha, Academia de Artes, Ciências e Letras Castro Alves (Cadeira 23, Patronesse Ercilia de Avellar Magalhães), Porto Alegre/RS; Academia Brasileira de Estudos e Pesquisas Literárias (Cadeira 27, Patrono José Gomes de Abreu) e Academia de Letras Rio - Cidade Maravilhosa/Rio de Janeiro/RJ; Academia Cachoeirense de Letras, de Cachoeiro de Itapemirim/ES; Clube dos Escritores Piracicaba/SP (Cadeira 29, Patronesse Bernadete Colombo Valadez, Academicus Praeclarus); Academia Virtual Sala de Poetas e Escritores, Camboriú/SC (Presidente); Projecto Cultural ABRALI, Curitiba/PR; Celeiro de Escritores, Santos/SP; Accademia Internazionale Il Convivio/Castiglione di Sicilia/Italia (Registro No 653); Liga dos Amigos do Portal CEN, Lisboa/Portugal (Delegada Cultural); Confraria de Poetas Teia dos Amigos, Sorocaba/SP; Câmara Brasileira de Jovens Escritores, Rio de Janeiro/RJ; Recanto das Letras; Casa do Poeta Latino-Americano; Associação Internacional dos Poetas del Mundo; Academia Ipuense de Letras, Ciências e Artes, Ipu/CE; Academia de Letras de Teófilo Otoni, Teófilo Otoni/MG; e ASL - “ARTS-SCIENCES-LETTRES” Societe Academique d’Education et d’Encouragement, de Paris/França (Registro Nº 22726). Implantou e coordenou o 1o Grupo de Parceiros Voluntários no Colégio Júlio de Castilhos, de Porto Alegre/RS.
Actualmente é membro de “Confrades da Poesia”; Amora / Portugal.
 
Tem participação em mais de 150 Obras Cooperativadas e foi condecorada com vários prêmios: Placas, Troféus, Medalhas e Diplomas; dentre eles: em 2010, Certificado e Troféu “Revista Brasília”, outorgados pela Revista Brasília e Academia Brasileira de Estudos e Pesquisas Literárias, Rio de Janeiro/RJ; e, Diploma e Medalha do Mérito Acadêmico, na categoria Ouro, outorgados pela Câmara do Livro da Academia Brasileira de Estudos e Pesquisas Literárias, Rio de Janeiro/RJ, ao livro “Poesia, Uma Força Singular!”, como um dos “Livros de Ouro” de 2010. Em 2011, Diploma e Colar do Mérito Literário Haldumont Nobre Ferraz, juntamente com o Título correspondente, outorgados pelo Departamento de Honrarias e Méritos do Clube dos Escritores Piracicaba/SP; Troféu “Filhos Ilustres de Restinga Seca - RS”, da Prefeitura Municipal da Cidade; e Diploma e “Médaille D’Argent", da ASL - “ARTS-SCIENCES-LETTRES”, Societe Academique d’Education et d’Encouragement, de Paris/França, pelos relevantes serviços prestados às Artes, Ciências, Letras e à Cultura Brasileira e Francesa.
A autora tem várias obras editadas em parceria. 
 
Bibliografia:
“Pragas ou Anjos: Uma história Especial! – Conto”; “Chave e fechadura: Uma história de Descobertas! – Conto”; Antologia “A Magia do Encontro – Contos e Crónicas”; Antologia “Emoções e Arte – POESIAS”; Antologia “Lembranças e vivências – Poesia”; “Peças de um mesmo Tabuleiro: Uma história Ímpar! – Conto”; Antologia “Inquietudes D’Alma”; Antologia “Poesia, Uma Força Singular”
 
 
Sites / Blogs.: Apenas ligada a outros sites - www.camarabrasileira.com/gal-ildabrasil.htm - www.avspe.eti.br/poetas1/ilda.htm -
www.caestamosnos.org/Delegados/Ilda_Brasil_RS.html - www.teiadosamigos.com.br/Nossos_Poetas/ildabrasil/index.html - www.abrali.com/000membros/ij/ilda_brasil/index.htm
 

CAMINHOS DE PEDRAS
 
 
Frequentemente, enfrentamos a tarefa
de remover pedras de nossos caminhos,
isto é, de buscar soluções para obstáculos,
que insistem em encobrir nossa luz.
A maioria requer perseverança e garra;
outros, escolhas simples e rápidas.
Queiramos ou não, são os caminhos de pedras
que nos preparam para as agruras da vida.
Objetivos e metas são singulares removedores
de pedras de nossos caminhos.
 
 
Ilda Maria Costa Brasil / Porto Alegre /RS
 
 
 
 
 
 
ESPELHO MÁGICO
 
 
Ó, Espelho Mágico!
Vejo-te crítico e observador.
Ora analisas a realidade brasileira;
ora, o apego de nossa sociedade
às culturas estrangeiras.
Em mim, acirras o ardor nacionalista;
o amor as minhas raízes;
o discernimento para uma nova avaliação
dos meus universos afetivos e profissionais .
Espelho, por que insistes em retratar
minhas aspirações e angústias?
Em ti, além de questionamentos,
permito-me viajar no tempo e no espaço.
 
 
Ilda Maria Costa Brasil / Porto Alegre /RS
 
 
 
 
NASCE UM ESCRITOR...
 
 
Em meio a boas leituras,
sonhos e fantasias
nasce um escritor.
Escrever requer manejo
e habilidade com as palavras.
O sentido que lhes atribuimos
é a nossa grande estratégia.
Uma palavra, inúmeras faces;
vários escritos; muitas correções…
o nascer de um escritor.
 
 
 Ilda Maria Costa Brasil / Porto Alegre /RS
 
 
 
O SAMBA...
 
 
O samba exige
habilidade e sabedoria.
Seus passos exigem
harmonia e destreza.
Os brasileiros, na sua maioria,
gostam de sambar;
todavia, é nas veias dos cariocas
que corre com mais intensidade.
Ao som de um tambor,
emoções e corações energizam-se
e a festa inicia.
Samba... Alegria... Vida!
 
 
Ilda Maria Costa Brasil / Porto Alegre /RS
 
  
 
 
 
QUERO O MEU SILÊNCIO...
 
 
Dentre tantos ruídos,
o que mais aspiro e preservo
é o d’alma.
Se essa estiver inquieta e aflita,
nossos universos, real e imaginário,
perdem a beleza e o encanto,
dando ao nosso andar
exaustão e enfado;
aos sonhos, nuvens negras e turbulências;
e, aos ideais, frustrações e tristezas.
É fortalecendo o meu silêncio interior
que consolido valores
comportamentais e culturais.
 
 
Ilda Maria Costa Brasil / Porto Alegre /RS
DETALHES LÍRICOS E POÉTICOS
 
 
Onde os encontrar?
Sem dúvida, na poesia,
já que o texto poético agrega lirismo,
magia e fantasia.
As palavras, ao recriarem a linguagem,
tornam-se instrumentos singulares,
que despertam emoções
e estimulam sensações.
São detalhes líricos e poéticos:
imaginação, sonhos e criatividade
num contexto repleto de recursos linguísticos.
Poesia... a mais bela das artes!
 
 
Ilda Maria Costa Brasil / Porto Alegre /RS
 
 
 
CELEIRO D’ALMA
 
Tanto a memória quanto o coração nos permitem
a fantasia de voltar no tempo;
às vezes, sombreando;
noutras, colorindo lembranças
e vivências associadas
às diferentes fases da vida.
Memória e coração tratam
dos nossos pensares e de nossas imagens,
induzindo-lhes novas interpretações,
experiências e sentimentos.
Celeiro d’alma, memória e coração
levando-nos a caminhos incomuns,
inesperados e repletos de inventividade.
 
 
Ilda Maria Costa Brasil / Porto Alegre /RS
 
 
 
O CANTO DA CACHOEIRA
 
O cair das águas de uma cachoeira
chega ao nosso coração
como um deslumbrante canto.
Despertam-nos emoções contidas;
ideais futuros
e a esperança de uma sociedade
mais fraterna e solidária.
A natureza, pela sua magnitude e beleza,
retém, em nossa memória,
o esplendor do momento;
os raios solares e o verde da mata.
 
Ilda Maria Costa Brasil / Porto Alegre /RS
 
 
 
 
SOMBRAS NO CAMINHO
 
Num piscar de olhos,
um sonho
é privado de luz
por mãos perversas.
Decepção, tristeza
e dores inevitáveis
são amenizadas
por palavras amigas
que perpassam amor,
carinho e solidariedade.
Na busca de respostas,
sombras no caminho.
 
 
Ilda Maria Costa Brasil / Porto Alegre /RS
 
 
 
 
FONTE DE IMAGINAÇÃO...
 
Por um longo período,
minhas fontes de ideias e criatividade
estiveram adormecidas.
Nada aflorava...
e esse silêncio muito me preocupou.
O que estava acontecendo?
Por que não conseguia escrever?
As palavras me abandonaram, por quê?
Na falta de ideias e criatividade
passei a ler intensamente;
todavia, nada de novo ocorria.
Inspiração e palavras, no mais profundo silêncio;
silêncio esse que só fora quebrado
no momento em que fixei meus olhos no livro
“Mundo de Contos de Fadas,
encanta Crônicas e Poesias”,
a fonte, outrora adormecida,
voltou a irrigar poesias e prosas.
 
 
Ilda Maria Costa Brasil / Porto Alegre /RS
 
 
 
 

"CONFRADES DA POESIA"

www.osconfradesdapoesia.com